Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

“Mar de fogo”, do brasileiro Joel Pizzini é indicado ao Urso de Ouro do Festival de Berlim


O cineasta brasileiro Joel Pizzini entrou na disputa pelo Urso de Ouro do Festival de Berlim 2015 com o curta-metragem 'Mar de fogo', lançado em 2014, juntamente com outras 26 produções de 18 países. A produção é uma narrativa sobre a visão revolucionária do cineasta Mário Peixoto, um ícone do cinema mudo brasileiro

Sendo, até agora, a única produção brasileira a concorrer, 'Mar de fogo' competirá com outros 26 trabalhos, de 18 países. Os participantes, pela primeira vez, também concorrem a um prêmio de 20 mil euros. Além da estatueta, o vencedor ganhará a honraria máxima do Berlinale, que, automaticamente, o incluirá entre os indicados ao European Film Awards.

A classificação é escolhida por meio do júri formado pela produtora Wahyuni A. Hadi, o artista turco Halil Alt'ndere e o documentarista Madhusree Dutta. De acordo com uma nota enviada pela produção do evento, a 65ª edição do festival será realizada entre 5 e 15 de fevereiro, na capital alemã, e refletirá sobre as condições sociais e políticas atuais.

Ensaio experimental

O filme de Pizzini é um "ensaio experimental" sobre Mário Peixoto, autor do filme "Limite", lançado em 1930 e um clássico do cinema mudo. Com cinco minutos de duração, "Mar de Fogo" recria a visão do cineasta ao conceber a obra.

Em comunicado, o Festival de Berlim afirmou que os curtas que competem este ano fazem "reflexões sobre as condições sociais e políticas atuais". "Independentemente de grandes orçamentos, os cineastas hoje têm a possibilidade de usar tecnologia digital e analógica para encher o espaço cinematográfico de hipóteses e soluções para assuntos relevantes."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!