Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 17 de janeiro de 2015

Com projeto tramitando no Senado, Lupicínio Rodrigues pode virar patrono da música brasileira


 




Está pronto para votação na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) projeto de lei que declara o cantor e compositor Lupicínio Rodrigues "patrono da música popular brasileira". A homenagem ao artista gaúcho, cujo centenário foi comemorado em 2014, é uma das iniciativas no sentido de reconhecer um dos maiores nomes da MPB de todos os tempos
 

O PLS 322/2014 recebeu parecer favorável do relator da matéria na comissão. Após a aprovação, se não houver recurso para votação em Plenário, a proposta seguirá para análise da Câmara dos Deputados.

Nascido em Porto Alegre em 1914, Lupicínio passou a vida fora do eixo Rio-São Paulo. Mesmo assim, suas marchinhas de Carnaval e seus sambas-canções - que falavam, na maioria das vezes, de desilusão amorosa - conquistaram o gosto popular em todo o país.

Em quase 50 anos de carreira, compôs clássicos como Esses moços, pobres moços, Nervos de aço, Dona divergência, Vingança, Nunca e Torre de Babel, músicas eternizadas na voz de intérpretes como Francisco Alves, Orlando Silva, Linda Batista, Dalva de Oliveira, Elza Soares, Elis Regina, Gal Costa e Jamelão - este, talvez, seu intérprete mais marcante e reconhecido.

Para o Rio Grande do Sul, deixou um legado especial: em 1953 compôs o hino do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, time do qual era torcedor. Seu retrato está na Galeria dos Gremistas Imortais, no salão nobre do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!