terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Londres sedia maior exposição europeia de Elvis Presley até agosto de 2015

A Harley Davidson de Elvis Presley: uma das jóias da exposição
Elvis não morreu e jamais morrerá! "Elvis tinha 42 anos e sempre terá 42 anos. O resto dos animadores estão a envelhecer mas, claro, o Elvis nunca mais ficará mais velho" (David Wade, diretor do clube de fãs “Strictly Elvis UK)

A lenda, o Rei do Rock está de volta… A maior exposição já dedicada a Elvis Presley na Europa abriu as portas na arena O2 em Londres. É uma mostra com mais de 300 artefatos do cantor, propriedade da família, alguns nunca tinham saído da antiga casa de Elvis, Graceland, que é agora um museu, em Memphis, no estado norte-americano do Tennesse.

“Vamos também até os bastidores, levamos as pessoas até Graceland onde ele entreteve amigos e criou a família. Está aqui tudo, desde as chaves de Graceland, até a carteira que ele levava consigo e que tinha a fotografia da filha. Também temos coisas de quando ele era uma criança, que a mãe guardou, como as notas da terceira classe ou a primeira caixa de lápis de cera. Há uma tentativa para mostrar quem Elvis era de fato”, afirma Angie Marchese, diretora dos Arquivos da Graceland de Elvis Presley.

Como a confirmar a sua condição de lenda, quase quatro décadas após a sua morte, em 1977, Elvis mantém ainda uma legião de fãs em todo o mundo. Elvis tinha 42 anos e sempre terá 42. É isso, o resto dos animadores estão a envelhecer mas, claro, o Elvis nunca mais ficará mais velho. Por isso, os fãs identificam-no com 42 anos”, diz David Wade, diretor do clube de fãs “Strictly Elvis UK”.

Afinal, ao contrário do que os organizadores dos concertos diziam quando o público não arredava pé após um espetáculo: Elvis ainda não deixou o edifício. A exposição foi aberta no último dia 02 e permanecerá em cartaz em Londres até agosto do próximo ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!