sábado, 13 de dezembro de 2014

Fotografia em preto-e-branco do Canyon Antelope é vendida por um recorde de 6,5 milhões de dólares



A foto mais cara da história agora custou impressionantes 6,5 milhões de dólares. O trabalho do fotógrafo de paisagens australiano Peter Lik, "Phantom" é um registro em preto e branco do Canyon Antelope do Arizona americano, que mostra um feixe de luz solar através de uma perfuração na rocha que se aparece como uma figura fantasmagórica em um espaço cavernoso


A venda, a um colecionador anônimo de Los Angeles, também incluiu duas outras fotos do artista: "Illusion", que foi vendida por US $ 2,4 milhões, e "Eternal Moods", vendida por US $ 1,1 milhão. Assim, quatro imagens de Lik estão entre as vinte fotos mais caras de todos os tempos.

Anteriormente, o recorde era detido pelo artista visual alemão Andreas Gursky, por sua "Rhein II", uma foto horrível colorida manipulada digitalmente do rio Reno, que foi vendida por 4,3 milhões de dólares na Christie, em 2011.

A venda histórica de Lik já despertou algumas polêmicas no mundo da crítica de arte: em um editorial para o Guardian, Jonathan Jones argumenta que a fotografia é uma tecnologia, não uma arte, e que somente um idiota gasta tanto dinheiro em uma tecnologia presente na maioria dos smartphones atuais:

- "A fotografia de Peter simboliza tudo aquilo que pode dar errado quando fotógrafos pensam que são artistas. É derivativa, sentimental em seu romantismo estudado, e, consequentemente, de muito mau gosto. Parece um poster elegante você a gente achar enquadrado em uma sala de um hotel cafona.".

Jonathan diz que o uso do preto e branco é ultrapassado e afetado, afirmando ademais que a imagem conta com a beleza natural do local -o Canyon Antelope é muito popular entre os fotógrafos-, e que não há qualquer visão artística ou habilidade por parte de Peter que qualquer fotógrafo de fim de semana não saiba.

Em um comunicado à imprensa anunciando a venda, Peter descreveu seus esforços para "capturar o poder da natureza e transmitir isso de uma maneira que inspira alguém a se sentir apaixonada e ligado à imagem".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!