domingo, 21 de dezembro de 2014

Exposição ‘Caricaturas do Salão do Humor’ é mais uma atração cultural à disposição dos paulistanos

São Paulo, cidade que reúne o maior número de atrações culturais do país, recebe a exposição ‘Caricaturas do Salão do Humor’ com um atrativo a mais: o acesso ao museu tem preço simbólico nos dias úteis e é gratuito aos sábados

O Museu da Língua Portuguesa, na região da Luz, na capital paulista sedia exposição com mais de 200 charges, caricaturas e histórias em quadrinhos selecionadas do 41º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. A mostra ficará em cartaz até 1º de março de 2015 e a curadoria da mostra é de Raphael Ramos da Costa Fioranelli Vieira, que definiu como linha central da exposição o tema da indignação.

“A partir desta temática, várias situações que afligem a sociedade são apresentados, permitindo uma reflexão sobre nossas relações humanas e a própria condição da humanidade nos dias de hoje. O interessante da linguagem é que a reflexão sobre assuntos difíceis nos é permitida por meio de uma visão crítica e bem-humorada, tornando os temas não menos sérios, mas mais palatáveis”, disse Antônio Carlos Sartini, diretor do museu.

A exposição tem uma área especial dedicada ao golpe militar de 1964, com uma reflexão sobre a importância da democracia. “O Salão de Humor de Piracicaba nasceu como ato de resistência em plena ditadura militar e, hoje, é considerado o evento mais importante do gênero em todo o mundo”, acrescentou Sartini.

Outros destaques da exposição são uma retrospectiva do artista belga O-SEKOER, pseudônimo de Luc Descheemaeker, e a seção “Micro Contos de Humor“, que apresenta textos humorísticos com no máximo 140 caracteres.

A entrada no Museu da Língua Portuguesa tem preço bastante convidativo: apenas R$ 6 em dias úteis e aos sábados, o acesso ao museu é gratuito. 

Mais uma exposição em SP: Mafalda

Há 50 anos, o cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, o Quino, inventou aquela que seria sua mais célebre personagem: Mafalda. Uma criança crítica, porém delicada. Ácida, mas ao mesmo tempo sutil. Cheia de sonhos, esperanças, incertezas e questionamentos. Esse universo paralelo criado pela garota já está sendo conferido na exposição comemorativa ao seu meio século de existência, "O Mundo Segundo Mafalda", que desembarca na Praça das Artes de 17 de dezembro a 28 de fevereiro de 2015, com entrada livre.

Referência: EBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!