Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Das praias ensolaradas aos shows de humor, passando para diversificada culinária, o Ceará é um convite irrecusável à diversão



Canoa Quebrada não se notabiliza por contar com uma infinidade de pontos turísticos: ela é por si só, a atração principal da região, ainda que conte com belíssimas atrações como as falésias recheadas de areias coloridas ou a enorme lagoa de água doce
Quem visita Canoa Quebrada tem como destino obrigatório a Broadway, rua cujo nome oficial é “Dragão do Mar”, um dos maiores expoentes na luta escravagista. Habitantes de Canoa e alguns historiadores afirmam que nos primórdios do local, de dia, se trabalhava duro e, à noite, se entregavam a diversão. 
Por essa razão, uma lua e uma estrela, em forma de escultura nas falésias, tornaram-se o símbolo do local. Uma outra versão dessa tradição local narra que, na equipe de filmagem, existia um marroquino, de crença islâmica, que sentindo remorsos pelas continuadas farras noturnas, desejava o perdão de Alá. Para se redimir da culpa, mandou esculpir, nas falésias, a lua e a estrela, hoje ícones locais.

Para tirar as fotos mais características, não dá para deixar de ir à duna onde fica marcado o símbolo de Canoa. A meia-lua com uma estrela virou moda no lugar, e hoje em dia está fixada em diversos pontos da cidade.

Canoa Quebrada, entre as variadas atrações, oferece a seus visitantes o imperdível passeio de buggy. Com uma diferença das aventuras de Genipabu (RN): lá não há a possibilidade de escolher entre “com emoção” e “sem emoção”, pois trata-se de um percurso onde não se atinge mais que os comportados 60 km/h e sem dunas íngremes para fazer malabarismos.

Canoa Quebrada é apenas uma das inúmeras atrações turísticas do Ceará. O visitante pode optar por outras praias como Jericoacoara ou a urbana Praia do Futuro e pode ainda optar pelos incontáveis shows de humor, aproveitando a verve humorística única dos conterrâneos de José de Alencar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!