quarta-feira, 26 de novembro de 2014

O astro do pop Prince retira-se das redes sociais e, até a tarde desta quarta-feira (26/11), serviço de música streaming Spotify era a única conta ativa do cantor





Cantor famoso pelos gestos excêntricos, encerrou as contas nas redes sociais, retirou as músicas da página do Soundcloud e deixou apenas três vídeos no YouTube. Tudo isso depois de apenas um ano da sua estreia nas redes sociais


No início da semana, as páginas de Facebook e Twitter acabaram e ontem, 25, foi a vez do Instagram de Prince terminar, segundo o The Guardian. Mas Prince não ficou por aqui. As músicas foram retiradas no Soundcloud e no You Tube, na conta do Vevo, sobram apenas três vídeos: uma entrevista e duas versões do tema 'Breakfast Can Wait'. 
A relação com a internet nunca foi fácil, tendo o cantor chegado a dizer, em 2010, que "a internet está completamente acabada". No entanto, acabou por ter conta nas redes Facebook, Twitter e Instagram. Em outubro, até foi promovido uma sessão de perguntas e respostas, mas Prince apenas respondeu a uma questão.

Segundo o jornal britânico os representantes do cantor norte-americano não deram qualquer explicação para o súbito desaparecimento da internet do autor de temas de sucesso como 'Purple Rain' ou 'Cream'.

Atitudes polemicas
Os músicos costumam usar as redes sociais para divulgar seu trabalho, mas o "Kid de Minneapolis" sempre se mostrou cético sobre a contribuição do Twitter e do Facebook e não oculta seu desprezo pela indústria fonográfica.

Em 1992, o cantor assinou com a Warner Bros, mas rompeu o contrato anos mais tarde, aborrecido com a forma com que se sentiu tratado pelo selo.

No entanto, este anos, voltou a assinar com a mesma gravadora para lançar suas mais recentes produções, "Art Official Age" e "Plectrumelectrum".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!