quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Adaptação para o teatro de 'A Metamorfose', de Kafka, tem robô como atração



Com a participação de um robô, a encenação de uma adaptação para o teatro da obra “A Metamorfose” realizada no Japão na última terça-feira (7) uniu em um mesmo palco tecnologia e a narrativa do absurdo do escritor Franz Kafka (1883-1924)

O pedido partiu do famoso diretor japonês Oriza Hirata, que já utilizou outros robôs em cena. A peça “La Metamorphose Version Androide” é encenada em francês e possui atores humanos no elenco, como as atrizes francesas Irene Jacob e Laetitia Spigarelli.
Na pele do personagem principal, o caixeiro viajante Gregor Samsa, está o robô Repliee S1. Formado por um exoesqueleto metálico, o androide possui mãos e rosto com feições humanas. Ele foi desenvolvido pelo professor da Universidade de Osaka, Hiroshi Ishiguro, especialista em robótica.

A peça estreará oficialmente nesta quinta-feira (9) em Yokohama antes de ser levada para a França, onde será encenada no Festival de Outono da Normandia, em novembro.

A obra

O livro de maior sucesso de Franz Kafka, A Metamorfose, conta a história de Gregor, um homem que acorda um dia e descobre que virou um inseto. Kafka discorre sobre o estado emocional do ser humano, analisando o comportamento de Gregor e de sua família, deixando ao longo das páginas do livro lições valiosas.

O livro deixa pelo menos três lições de vida. Vamos a elas:

1. Aparências não importam

Gregor se transforma em uma barata, e essa transformação faz com que sua família o repudie. Porém, ele percebe que a sua essência não mudou. Gregor ainda quer ser parecido com a sua família, se encaixar na sociedade e ser uma pessoa responsável. Isso nos ensina que as aparências não importam tanto quanto os seus valores. Seja sempre fiel às suas crenças e não tenha vergonha de quem você é.

2. Aceite as mudanças

Embora não fique satisfeito com o que aconteceu, Gregor aceita a metamorfose pela qual ele passou. Claro que ninguém ficaria satisfeito em transformar-se em uma barata, mas você deve estar preparado para as mudanças que possam acontecer na sua vida. Assim como Gregor, você deve aprender a aceitar as mudanças e lidar com as novas situações que elas trarão.

3. Faça o que você ama

Uma das interpretações para a metamorfose de Gregor é a de que a sua transformação seria fruto do seu desejo de deixar para trás um emprego que ele odiava. Logo, Gregor virou um inseto que não seria capaz de comparecer ao trabalho, por mais que ele quisesse continuar sendo um profissional responsável. A lição que você tira dessa interpretação é que você deve fazer o que você ama. Se algum aspecto da sua vida não está lhe fazendo bem, procure algo que possa garantir a sua felicidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!