terça-feira, 23 de setembro de 2014

Produções cinematográficas da Espanha e do México estão à disposição do público brasiliense

Cena de um dos filmes presentes na mostra espanhola

Começa amanhã, 24.09, em Brasília, mostras gratuitas que reúnem exemplares da cinefilia mexicana e espanhola, reunindo produções do período entre 1976 e 1982

O Instituto Cervantes de Brasília, em parceria com a Embaixada do México, apresenta a mostra "O Cinema Mexicano de 1976 a 1982", entre 24 e 28 de setembro, com entrada gratuita. Oito produções do país vão ser exibidas no próprio Cervantes (707/907 Sul) com sessões entre 19h e 21h.

A mostra reúne longas-metragens de um período conturbado do desenvolvimento histórico e artístico do cinema mexicano, onde obras independentes se sobressaíram com a falta de apoio e a qualidade reconhecida das produções.

O Cervantes participa também de outra mostra, mas com o apoio da Embaixada da Espanha e da Sociedade Cultural Brasil-Espanha. De 1º a 5 de outubro, o Cine Brasília (EQS 106/107) exibe uma seleção de filmes contemporâneos da indústria cinematográfica espanhola.

Entre as produções estão Carmina ou que se exploda, do diretor Paco Léon e Branca de Neve, de Pablo Berger, responsável pela abertura do evento.

O Cinema Mexicano de 1976 a 1982 – programação:

24/09 - quarta-feira
19h: Cascabel, Raúl Isaac, 1976
21h: Los albañiles, Jorge Fons, 1976

25/09, quinta-feira
19h: La casta divina, Julian Pastor, 1976
21h: Cuartelazo, Alberto Isaac, 1976, 117 min

26/09, sexta-feira
19h: El lugar sín Limites, Arturo Ripstein, 1977
21h: Los Indolentes, José Estrada, 1977

27/09, sábado
18h: Naufrágio, Jaime Humberto Hermosillo, 1977
20h: Cascabel, Raúl Isaac, 1976

28/09, domingo
19h: Bajo la Metralla, Felipe Cazals, 1982, 102 min

Cinema Atual Espanhol – programação:

30/09, terça-feira
Abertura especial da Mostra Cinema Atual Espanhol
19h: Branca de Neve, Pablo Berger, 2012

1º/10, quarta-feira
21h40: Carmina ou que se exploda, Paco León, 2012

2/10, quinta-feira
17h: Branca de Neve, Pablo Berger, 2012
21h: Mapa, León Siminiani, 2012

3/10, sexta-feira
17h10: Carmina ou que se exploda, Paco León, 2012
21h: O que os Homens Falam, Cesc Gay, 2012

4/10, sábado
17h30: O Apóstolo, Fernando Cortizo, 2012
21h: Branca de Neve, Pablo Berger, 2012

5/10, domingo
17h: Mapa, León Siminiani, 2012
21h: O que os Homens Falam, Cesc Gay, 2012

Serviço
O Cinema Mexicano de 1976 a 1982
Quando: 24 a 28 de setembro
Onde: Espaço Cultural Instituto Cervantes - SEPS 707/907 Sul
Quanto: entrada franca
Mais informações: 3242-0603

Mostra Cinema Atual Espanhol
Quando: 1º a 05 e outubro
Onde: Cine Brasília - EQS 106/107
Quanto: entrada franca

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!