terça-feira, 2 de setembro de 2014

Centro Cultural Banco do Brasil apresenta a exposição “Genesis”, de Sebastião Salgado







O mineiro de Aimorés, Sebastião Ribeiro Salgado é um dos mais laureados fotógrafos dos século. Formado em economia, com doutorado nessa área, trabalhou para a Organização Internacional do Café, em Londres, durante o período entre 1971 e 1973. Quando estava em uma viagem na África, onde coordenava um projeto sobre a cultura do café em Angola, Sebastião decidiu tornar-se fotógrafo

A exposição Genesis, de Sebastião Salgado, desembarca no CCBB Brasília, no dia 3 de setembro e estará à disposição do público até 20 de outubro. A visitação acontece de quarta-feira a segunda, das 9h às 21h, com entrada franca.

Dividida em cinco seções geográficas – “Planeta Sul”, “Santuários”, “África”, “Terras do Norte” e “Amazônia e Pantanal”, a mostra exibe 245 imagens em preto e branco desse grande fotojornalista brasileiro. A curadoria é de Lélia Wanick Salgado.

As fotografias foram registradas ao longo de oito anos de visitas a lugares do planeta ainda imunes à urbanização e ao progresso da tecnologia. Elas retratam montanhas, desertos, florestas, tribos, aldeias e animais dessas regiões inóspitas e de difícil acesso.

Um dos destaques é a seção de fotos feitas no Brasil. A imensa floresta equatorial cortada pelo rio Amazonas pode ser vista por ângulos nunca antes capturados. Pequenas tribos quase sem contato com a civilização também foram alcançadas pelas lentes de Salgado.

O espaço CCBB

O CCBB Brasília localiza-se no Setor de Clubes Sul, Trecho 2 (próximo à ponte JK), no Edifício Tancredo Neves, projeto de Oscar Niemeyer, inaugurado em 1993 como sede do Centro de Formação do Banco do Brasil.No final da década de 1990, parte do prédio foi reformada para abrigar as instalações do CCBB Brasília, com o objetivo de inserir a capital do País no roteiro internacional dos grandes eventos e produções culturais. 

Com projeto paisagístico assinado por Alba Rabelo Cunha, o harmonioso conjunto arquitetônico de dois andares está pousado sobre pilotis e divide-se em módulos, cabendo ao CCBB parte do prédio principal.
Inaugurado no dia 12 de outubro de 2000, o CCBB Brasília é o segundo museu/centro cultural mais visitado no Brasil e o 43º no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2013).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!