quinta-feira, 28 de agosto de 2014

10ª edição do Festival de Inverso de Vitoria da Conquista BA tem início em 29.08 e a banda miniera Skank é o grande destaque da estreia


 



Pelo décimo ano consecutivo, o município de Vitória da Conquista recebe o Festival de Inverno Bahia. Conhecida como “Suiça Baiana”, a cidade fica localizada a cerca de 510 km de Salvador e tem população, de 310.129 habitantes, o que o coloca no terceiro lugar entre os maiores municípios do interior do Nordeste, ao lado de Caruaru PE


Em relação à estrutura do Festival de Inverno da Bahia, o evento deverá contar com o palco principal, barracão do forró, camarotes, tenda eletrônica, camarotes corporativos, palco do rock entre outras estruturas já presentes em edições anteriores.

O Festival de Inverno da Bahia 2014 em Vitória da Conquista já divulgou as datas e a programação do evento. Este ano, a 10ª edição da festa acontece nos dias 29, 30 e 31 de agosto no Parque de Exposições Teopompo de Almeida na tradicional Vitória da Conquista e promete ser o melhor Festival da história e um dos melhores da temporada no país, atraindo aproximadamente 60 mil pessoas.

Com o objetivo de atingir uma divulgação nacional, o evento poderá ter os três dias transmitidos para todo o Brasil através do canal de TV Multishow, ao vivo e com qualidade HD. Segundo o gerente executivo da TV Sudoeste, Cauto Freitas, a equipe já está em negociação para conseguir a transmissão.

A programação completa do Festival de Inverno da Bahia ainda não foi divulgada, mas algumas bandas já foram confirmadas. Confira as atrações :

29 de agosto

Skank

Ira!

Gilberto Gil

30 de agosto

CPM 22

Natiruts

Vanessa da Mata

31 de agosto

Luan Santana

Paralamas do Sucesso

Capital Inicial


Opinião do Artecultural

O Festival de Inverno de Conquista é um dos maiores redutos da cultura baiana e sempre se notabilizou pela qualidade das atrações que costumam abrilhantar o evento nestes dez anos de edição.

O que se percebe nas últimas edições contudo, é uma deterioração na qualidade de algumas atrações que fogem flagrantemente da tradição e do propósito inicial do Festival de Inverno. Na edição que se inicia amanhã, 29, a nota destoante é a presença do cantor autointitulado ‘new sertanejo’, Luan Santana. O que faz esse rapaz ao lado de Gilberto Gil, Skank e Paralamas do Sucesso, por exemplo? Seria uma decisão do grupo promotor do evento, a Rede Bahia?

Nada contra o Sr. Luan Santana e as suas músicas açucaradas, mas é claramente “um pássaro fora do ninho” em meio a representantes do POP e da MPB. Parece um carma nordestino, trazer para as nossas manifestações culturais representantes sem qualquer identificação com os nossos valores. Só para exemplificar: na Festa de Peão de Barretos, nomes como Targino Gondim e Adelmário Coelho, por exemplo, são convidados? E no festival de Pirinópolis GO, alguém já viu a presença de Geraldo Azevedo, Alceu Valença ou Daniela Mercury?

É assim que a “banda toca”: os eventos realizados no Sul e Sudeste são blindados para os valores locais e não se vê ‘forasteiros’ que não tenha identificação com o evento. Enquanto nós...

Euriques Carneiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!