sábado, 28 de junho de 2014

Lançado ontem, 27, o livro "O Raio do Futebol" retrata o universo futebolístico por meio de ilustrações e haikais





A relva, o raio e uma bola descascada no canto seriam as primeiras fontes de inspiração para um trabalho que traria o futebol do campo para as páginas coloridas da literatura

O primeiro "chute" foi dado há quarenta anos. Ao visitar uma exposição do artista visual Sérgio Pinheiro, também conhecido como Serjão, o ex-jogador de futebol e cronista Sérgio Rêdes, encantava-se com uma obra cujo título, anos mais tarde, seria escolhido para nomear uma parceria entre os dois: "O Raio do Futebol"

"O raio é como se fosse uma praga (para o bem) no campo, representada por esse futebol que todo mundo gosta, um raio luminoso", explica o ilustrador Sérgio Pinheiro.

Ao longo dos quarenta anos de amizade, muitas foram as ideias trocadas entre os dois craques, mas as viagens e a rotina corrida de ambos só permitiria a consolidação do projeto de 2013 para cá. "Em agosto do ano passado, decidimos que usaríamos as ilustrações de Serjão acompanhadas de versos meus", conta Sérgio Rêdes.

O acordo foi firmado e, em pouco mais de seis meses, o livro se constituiu, com 48 ilustrações acompanhadas de haikais, cada uma retratando de forma lírica e, ao mesmo tempo lúdica, o universo do futebol. "O objetivo é retratar o esporte em uma outra linguagem. Não a do jogo em si, mas sim a da arte que se encontra no jogo", explica Sérgio Rêdes.

Estrutura

Para o escritor, a melhor forma de apresentar as ilustrações minimalistas de Serjão seria acompanhando-as com uma literatura também minimalista, por isso os haikais.

A opção de Sérgio Rêdes foi por tercetos livres, nos quais ele pôde exercer uma liberdade poética distante dos haikais guilherminos, que, por sua vez, apresentam maior rigidez métrica, com versos de cinco, sete e cinco sílabas, respectivamente. Apesar de não ser dividido em capítulos, o livro "O Raio do Futebol" apresenta ilustrações dedicadas à paixão pelo esporte, às formas geométricas do campo, ao jogo e suas regras, à técnica, à tática, aos movimentos reivindicatórios dos jogadores, à zebra, aos comentaristas, dentre outros aspectos curiosos do futebol.

Tudo foi pensando em conjunto pelos dois Sérgios. As vivências do ex-jogador dos times Olaria, Portuguesa, Fortaleza, Botafogo e Ceará contribuíram significativamente para a construção do projeto.

"Sempre tive esse lado de procurar ver o futebol não pelo resultado em si, mas pelos aspectos que ele envolve. Como já diria Nelson Rodrigues: 'no futebol, o cego é aquele que só vê a bola'", afirma o autor dos haikais, que investiu nesse modelo de versos pela primeira vez.

A vasta experiência de Sérgio Pinheiro, que aprendeu múltiplas técnicas de arte, tais como a xilogravura, com o conceituado escultor Zenon Barreto, também deu segurança ao projeto. No trabalho, o artista inovou ao utilizar exclusivamente as ferramentas da computação gráfica. "Foi rico demais. Aprendi muita coisa sobre o futebol", declara.

Lançamento

Previsto para ser lançado hoje, no Estoril (Praia de Iracema), o livro "O Raio do Futebol" aproveita o período da Copa do Mundo para chegar na casa dos cearenses. O projeto apoiado pelo Governo do Estado, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, tem o prefácio assinado pelo secretário da Cultura Paulo Mamede, pelo presidente da Comissão de Cultura, Desporto e Lazer da Câmara Municipal de Fortaleza, Evaldo Lima, e pelo ex-jogador de futebol e articulista da Revista Carta Capital, Afonso Celso Garcia Reis, mais conhecido como Afonsinho.

Segundo Paulo Mamede, o projeto que chegou às suas mãos no final do ano passado, tem a singularidade de unir duas linguagens em torno de um mesmo tema, o futebol, que no caso do Brasil, é quase uma unanimidade. "Esse projeto que une futebol e arte, com haikais do Sérgio Rêdes e desenhos feitos pelo Sérgio Pinheiro, presta um verdadeiro tributo ao futebol com a narrativa de mitos que transcendem as quatro linhas e encantam e ensinam a todos nós", destaca.

Fonte: diario do nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!