Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

terça-feira, 13 de maio de 2014

Festival de Cannes seleciona Curta gravado por estudantes da Unicamp é lecionado para o Festival de Cannes



Filme 'A Estrutura da Bolha de Sabão' é baseado em conto homônimo da escritora Lygia Fagundes Telles e será exibido na mostra Short Film Corner, dentro da próxima edição do Festival de Cannes, na França

Um curta-metragem gravado por alunos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi selecionado para a próxima edição do Festival de Cannes, na França. Inspirado em conto homônimo de Lygia Fagundes Telles, 'A Estrutura da Bolha de Sabão' cria um paralelo entre um relacionamento amoroso que chegou ao fim e a trajetória de uma bolha de sabão.

"Foi super inesperado, ficamos muito contentes. É o reconhecimento de um trabalho que a gente vai levar para sempre, um mérito bastante interessante", avalia a cineasta Tarsila Nakamura, responsável pela direção e também por escrever o roteiro em parceria com Pedro Tinen. O filme produzido por estudantes do curso de midialogia será exibido na mostra 'Short Film Corner', espaço dedicado a produtores e diretores iniciantes. A 67ª edição do festival começa, amnahã,dia 14.

Tarsila, de 26 anos, conta que para viabilizar o curta-metragem como projeto de término do curso de graduação, em 2012, o grupo recebeu apoio financeiro do Instituto de Artes da universidade, mas também buscou alternativas para arrecadar e financiar as gravações feitas em uma casa no distrito de Barão Geraldo, além de um café no bairro Cambuí e uma residência em Vinhedo (SP). "Tivemos apoio através de crowdfunding, uma plataforma online de financiamento coletivo, e também fizemos rifa, bazar de roupa usada, vendemos bolo... Foi bem coletivo", brinca Tarsila.

A cineasta lembra que ao fazer o pedido de autorização à Lygia Fagundes Telles, a escritora paulistana deu liberdade para que os alunos trabalhassem as próprias interpretações sobre o conto. "Foi super legal, ela não colocou impedimentos. O 'Bolha' tem a mesma história, mas a gente tentou focar na personagem feminina, mostrar delicadeza e sutileza... Colocar um pouco do entendimento que a gente tem sobre a plenitude das coisas, fim e recomeço", explica. Após aprovação do projeto pela banca, o grupo iniciou as gravações e finalizou o curta em 2013.

A cineasta afirmou ao G1 que ainda não houve oportunidade de mostrar o trabalho finalizado à Lygia, contudo, mantém contato com uma neta da escritora para informar sobre as novidades. Ela espera que a exibição em Cannes ajude a impulsionar os próximos passos na carreira. "Ano passado eu ganhei um edital do Ministério da Cultura para gravar um curta sobre a violência contra a mulher. Acho que vai me ajudar muito a construir meu caminho dentro do audiovisual."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!