Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Cinema brasileiro é premiado no Panamá e Sônia Braga dedica a láurea a José Wilker



A brasileira Sônia Braga foi homenageada na noite deste sábado (5), no Panamá, durante a primeira edição do Prêmio Platino. Ela recebeu o Prêmio Platino de Honra pelo conjunto de sua obra e, emocionada, dedicou-o a José Wilker, ator com quem contracenou no clássico Dona Flor e Seus Dois Maridos

Parabéns aos criadores do Prêmio Platino. Muito obrigado, Panamá, por me acolher em sua casa. É um privilégio ser a primeira atriz a receber o ‘Platino de Honra’. Obrigado, Enrique Cerezo, por tê-lo me entregado. Pessoalmente eu desfrutei cada pequeno segundo que é estar na frente de uma câmera. Mas não poderia fazer isso sozinha. Ninguém pode. Por isso gostaria de agradecer a todos que dividiram comigo a trajetória de minha carreira. 

Queria pedir licença neste momento. Como atriz e como amiga, por tudo que vivemos juntos, pelo meu grande amor, quero dedicar este prêmio e todos as honras e aplausos para este grande ator latino-americano e amigo, José Wilker, meu companheiro de Dona Flor, que nesta manhã nos deixou. Isto é para você, Vadinho querido”, disse.

O ator, diretor e crítico de cinema José Wilker morreu na manhã do último sábado (5), aos 66 anos, no Rio de Janeiro. Para homenagear José Wilker, fotos dos personagens mais importantes e cartazes de espetáculos que ele encenou no Teatro Ipanema: A China é azul (1972) e O arquiteto e o imperador da Assíria (1970), a primeira peça em que se apresentou no Rio. 

O ícone do cinema brasileiro tinha como marca registrada as meias e os tênis coloridos que costumava usar. Por isso, foi velado com um calçado cor-de-rosa. Curiosamente, há anos, Wilker adotava uma dieta ayurvedica (dieta indiana que usa um conjunto de temperos para prevenir doenças).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!