Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Publicado 'O Homem Moisés e a Religião Monoteísta', de Freud



  Tentativa de compreender por que os judeus se tornaram o que são e por que atraem ódio

"O Homem Moisés e a Religião Monoteísta", três ensaios de Sigmund Freud publicados em conjunto originalmente às vésperas da Segunda Guerra Mundial, ganha edição no Brasil com tradução de Renato Zwick, revisão técnica e prefácio de Betty Bernardo Fuks e ensaio biobibliográfico de Paulo Endo e Edson Sousa

Com pesquisa historiográficas e munido com o repertório já desenvolvido da psicanálise, Freud, um judeu ateu na onda crescente de antissemitismo na Europa, debate a figura de Moisés e dos fundamentos do judaísmo.

Nos textos, o mestre de Viena procura compreender a origem do ódio aos judeus.  Nascido em 1856, na região da Morávia, Freud estudou medicina na Universidade de Viena e se demonstrava especialmente intrigado com a neurofisiologia.

Graduado, trabalhou no hospital da mesma cidade, quando conheceu Jean-Martin Charcot (1825-93) e o uso da hipnose.  Com o avanço do nazismo na Europa, em 1936, seus livros foram queimados. Em 1938, com câncer, Freud rumou para a Inglaterra. Morreu no ano seguinte.

Publicado pela L&PM, "O Homem Moisés e a Religião Monoteísta" recebe pela primeira vez uma tradução direta do alemão para o português do Brasil.


Fonte: folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!