Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Livro 'Diário de um Exorcista' expõe prática proibida pelo Vaticano



Os dogmas da Igreja Católica rezam que, para realizar um exorcismo, um sacerdote católico deve receber autorização expressa. Essa resolução eclesiástica é complexa e exige provas. Sem isso, nenhum padre pode decidir expulsar um demônio, mas que pareça algo surreal, os exorcistas existem

Desde muito jovem, Lucas é atormentado por inimigos sobrenaturais cruéis e impiedosos. Quando uma tragédia familiar inexplicável abala sua família, o menino desperta para a mais importante e desafiadora missão que um ser humano pode enfrentar, uma luta sem fim contra o inimigo maior do homem e de Deus: o próprio Diabo.

Concebido como um thriller de terror, a história se passa nas décadas de 1950 e 1960 e conta as experiências do padre Lucas Vidal. A pedido das famílias que passaram por exorcismo e dos próprios sacerdotes, os nomes das cidades e dos envolvidos foram trocados. Alguns personagens foram criados para dar forma à trama.

Passada nas décadas de 1950 e 1960, a história (baseada em fatos reais) do padre Lucas Vidal - um dos maiores exorcistas da América Latina - é contada em seus mais aterrorizantes e inacreditáveis detalhes. Do rigoroso e pouco ortodoxo treinamento às mais difíceis batalhas contra demônios, possessos e outras entidades sobrenaturais, a trajetória de Lucas e dos irmãos Biaggio contra seres profanos. 

O desenrolar da narrativa aterroriza o mais cético dos leitores que vai perceber, aos poucos, que além de as criaturas das trevas ganharem mais força a cada ataque, as mais perigosas têm um objetivo único: destruir os padres exorcistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!