Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

domingo, 9 de fevereiro de 2014

'Caçadores de obras-primas', sobre a Segunda Guerra Mundial, tem direção de George Clooney




No longa baseado no livro Monuments men', de Robert M. Edsel e Bret Witter, George Clooney volta ao posto de diretor, em uma homenagem aos heróis anônimos da Segunda Guerra Mundial que arriscaram a vida para resgatar as obras de arte europeias da voracidade de Hitler
'Monuments men', no original, baseado no livro de mesmo nome e escrito por Robert M. Edsel e Bret Witter, estreou sexta nos Estados Unidos e estreia dia 14 no Brasil. Com a mudança da data (a estreia seria em 18 de dezembro, nos EUA), o longa só deve entrar na disputa para concorrer ao Oscar de 2015.

Com elenco de luxo (Matt Damon, John Goodman, Bill Murray e Jean Dujardin, entre outros), este é o quinto filme dirigido por Clooney, depois de 'Confissões de uma mente perigosa' (2002), 'Boa noite e boa sorte' (2005), 'O amor não tem regras' (2008) e 'Tudo pelo poder' (2011).

O longa-metragem narra a história verdadeira de um grupo de especialistas, curadores, galeristas e artistas que foram enviados à Europa pelo presidente Franklin D. Roosevelt para recuperar centenas de milhares de obras de arte roubadas pelos nazistas, além de proteger milhares de peças ameaçadas pelos bombardeios aliados.

"Não estamos muito familiarizados com essa história, o que é estranho vindo de um filme sobre a Segunda Guerra Mundial. Geralmente, você acredita que já viu tudo sobre essa época", disse Clooney em entrevista coletiva em Beverly Hills.

Os mais de 100 homens que percorreram a Europa durante a operação tinham a tarefa de localizar e recuperar as obras que Adolf Hitler havia roubado de famílias judias e dos grandes museus europeus para criar seu megalômano museu de arte de Linz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!