Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Conservatório na região dos Alpes Franceses seleciona jovens instrumentistas




Em projeto inédito na cena cultural, o intercâmbio Brasil-França já formou e revelou alguns dos pródigos instrumentistas que atuam em orquestras, rodas de choro ou grupos das diversas vertentes da música popular


A bolsa ofertada desde 2006 leva anualmente quatro jovens estudantes de música para um ano intenso de vivência e estudo no Conservatório de Briançon, cidade localizada na região dos Alpes Franceses. Já foram 23 formados e diplomados em nível médio com o “Certificat de fin d’études musicales” (Certificado de Conclusão dos Estudos Musicais).

A bolsa para os músicos inclui passagens de ida e volta para a França, a anuidade dos estudos, além de almoços diários, aula de francês, estadia e uma ajuda de custo mensal. Os estudantes ficam alocados em casas de famílias francesas ou em apartamentos. Em contrapartida, na volta, ficam incumbidos de multiplicar os conhecimentos adquiridos, apresentando concertos e workshops.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no dia da audição. O candidato deve se apresentar no local do exame a partir das 8 horas para o preenchimento da ficha e realização das provas. É necessário que o candidato tenha concluído o ensino médio. No ato da inscrição, ele deve apresentar ainda o curriculum vitae, uma carta de motivação, explicando o porque do interesse na bolsa, fotocópia da identidade (RG) e uma foto 3x4.

Os candidatos podem concorrer em duas categorias, uma delas voltadas para a formação de jovens músicos, com até 21 anos de idade, e outra, para formação de jovens de até 28 anos, que já ensinem em projeto musical apoiado por prefeituras, associações, ONGs. Para a segunda categoria é necessária ainda uma carta de recomendação da direção da escola ou do projeto.

Seis professores do Conservatório de Briançon participam da seleção, acompanhando os alunos em seus instrumentos: Christine Orcel (clarinete), Alain Daboncourt (flauta), Olivier Brisville (trompa), François Acoulon (trompete), Pascal Hotelier (violino) e o cearense Fernando Lage (violoncelo), radicado na França e idealizador do projeto.

Eles realizam o exame de pré-seleção dos candidatos, que inclui uma prova de execução instrumental – com a interpretação de duas peças ou estudos de vertentes diferentes – e uma entrevista com a banca examinadora. O material de vídeo dos exames dos pré-selecionados serão ainda submetidos à análise final do diretor e demais professores do conservatório. O resultado final pode ser divulgado a partir do dia 15 de abril.

Fonte: diariodonordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!