Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Cinema chileno desponta com longas sobre sexo sob o prisma das mulheres

Premiado por "Gloria": Sebastián Lelio 

Com “Glória” e "Jovem aloucada" o cinema chileno aborda o sexo sob a ótica feminina com tramas que vão desde a busca o prazer depois dos 50 o sexo na era da internet

Os dois últimos anos consagr aram o cinema chileno em importantes festivais internacionais, como os de Cannes, Berlim e Sundance, e isso não foi à toa. Por trás dos filmes mais premiados “hechos en Chile”, está a produtora santiaguina Fábula -- de Pablo Larraín, diretor de No, entre outros sucessos nacionais e internacionais --, e dois deles estreiam no Brasil na mesma data: 31 de janeiro.

"Gloria"

O longa de Sebastián Lelio (La sagrada família, Navidad), é a história de uma cinquentona que, em vez de ficar sozinha em casa depois da debandada dos filhos já mais velhos, decide entrar em um circuito de festas e baladas de solteiros em busca de companhia e sexo. O papel protagônico é de Paulina García, reconhecida atriz chilena de televisão e teatro (que, por sinal, também dirige peças) que levou o prêmio de melhor atuação feminina no último Festival Internacional de Cinema de Berlim. O filme era um dos favoritos da competição pelo Urso de Ouro, e, mesmo sem a estatueta, terminou sendo vendido para 45 países -- além de ter dado muito que falar no Chile.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!