Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

As obras de Picasso "A Praia", "A Gaivota", "Sátiro e Fauno" e duas versões de "Os Pescadores", poderão ser demolidas em Oslo


O mundo pode ficar sem cinco obras de Picasso gravadas em concreto caso seja confirmada a demolição nos edifícios governamentais de Oslo atacados pelo militante anti-islâmico Anders Breivik
As obras estão distribuídas por dois prédios, incluindo o edifício de 17 andares High Block, que abriga o gabinete do primeiro-ministro, sendo as primeiras obras de Picasso para gravação em concreto, ressaltando-se que quatro delas foram especialmente feitas para esse local, em 1958.

Os prédios foram danificados no atentado de Breivik que matou oito pessoas e foi seguido de um outro ataque que vitimou outras 69 pessoas, na maioria adolescentes, num acampamento de verão do Partido Trabalhista.Depois da repercussão sobre o caso, notadamente com o destino das obras de Picasso, a Noruega está discutindo o que fazer com os escombros que restaram dos edifícios atingidos em 2011.

A decisão final deverá tomada no próximo semestre e as autoridades informam que ainda não têm um questão fechada sobre a questão. "Este é um debate altamente emocional", disse Paal Weiby, porta-voz do órgão encarregado da administração das propriedades do governo, a Statsbygg.

"Um monte de gente ficaria horrorizada de voltar" a trabalhar no edifício, disse ele. "Mas outros dizem que esse edifício é um símbolo, e que se ele for derrubado, o terrorista vence." As peças, descoloridas após anos de fumaça de cigarro, foram gravadas no concreto por um amigo de Picasso, o artista norueguês Carl Nesjar, cujos trabalhos também decoram os prédios.

As obras de Picasso incluem "A Praia", "A Gaivota", "Sátiro e Fauno" e duas versões de "Os Pescadores". A maioria tem cerca de 3 metros de largura, mas a versão de "Os Pescadores" no exterior de um prédio tem 13 metros de largura.

Há a possibilidade de remoção de algumas das obras de arte, mas não se chegou a um consenso sobre esta hipótese pois muitos argumentam que elas só fazem sentido naquele local. Ademais, nem todas poderiam ser salvas, dado o estado em que ficaram após o ataque e as dificuldades de logística de um trabalho dessa magnitude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!