Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A minúscula Ilha Sr. Martin reúne o melhor do Caribe



Com pouco de 90 km2, a paradisíaca Ilha de Sr. Martin, no Caribe, é o menor território do mundo compartilhado por dois países, Holanda e França, sendo que os franceses detêm o maior naco, com cerca de 54 km2

A explicação para essa diferença é dada pelos nativos: para definir o território de cada governo, um representante de cada lado saiu andando na direção oposta. O ponto em que eles se encontrassem seria a fronteira. O holandês levou uma garrafa de rum, enquanto o francês levou uma de vinho. Daí a vantagem francesa.

Descoberta por Colombo em novembro de 1493, a ilha foi nomeada St. Martin porque a data de sua descoberta coincidiu com a festa de St. Martin. Em 1631 a Holanda tomou posse da ilha e depois estabeleceu um acordo com a França, dividindo a ilha entre duas partes, holandesa e francesa. Portanto uma viagem a St. Martin é entrar em contato com a França e a Holanda, com dois lados de muita praia, cassinos, sol o ano todo e diversão. Os resorts da ilha são um show a parte.

Entre as praias deliciosas, temos a Orient Beach no lado francês e os restaurantes típicos da França. No lado holandês, com a capital Philipsburg, se pode fazer ótimas compras no estilo "duty-free". A melhor opção é alugar um Jeep para explorar todos os cantos deste paraíso que podem aproveitar para estar a bordo de um catamarã e navegar pelas ilhas vizinhas observando as magníficas praias, fazendo uma viagem ao Caribe onde a França e Holanda são vizinhas.

O idioma falado é Dutch/Inglês/Francês/Papiamento e a moeda é Florin com o dólar americano super aceito. Fica a 1:30 h de Miami.

Paraíso caribenho

Neste pequeno território de 90 quilômetros quadrados, temos cenários deslumbrantes. St. St.Martin é compacta, mas tem tudo o que o turista procura. E, dentro do possível, de forma muito bem distribuída e organizada.

Seja do lado holandês ou do francês, é possível encontrar muitas áreas com natureza quase intacta, mas também núcleos urbanos, bem desenvolvidos, como Philipsburg, que é a capital do lado holandês e Saint Maarten, que pertence às Antilhas Holandesas. Marigot é a capital do lado francês, Saint Martin, que é um território ultramarino francês, antigamente pertencente a Guadalupe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!