Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 19 de outubro de 2013

Os 700 anos de Giovanni Boccaccio, editora marca o lançamento de Decameron, a obra maior de Boccaccio, traduzida integralmente, direto do italiano



Neste ano de 2013 completam-se 700 anos do nascimento de Giovanni Boccaccio - nascido em 1313 e falecido em 1375. Boccaccio é o autor Decameron, uma das mais importantes obras da literatura mundial
 Em função dessa data marcante, estão acontecendo muitas celebrações para aquele que alguns defendem ser o pai da narrativa moderna. Uma das mais importantes, sem dúvidas, é a iniciativa da editora L&PM. A editora está lançando em setembro próximo, o Decameron, a obra maior de Boccaccio, traduzido integralmente, direto do italiano, pela renomada Ivone Benedetti, e introduzido pelo professor Carlos Berriel. 

Em uma palestra no evento 700 anos de Giovanni Boccaccio: entre latim e vernáculo, realizado na Unicamp nos dias 14 e 15 de agosto, Ivone nos lembrou que a última edição integral do Decameron saiu na década de 1970, com a rubrica de Torrieri Guimarães - que, no entanto, a tradutora defende, é uma versão maquiada da primeira tradução da obra, feita em meados do século passado por Raul de Polillo. 

Depois disso, houve apenas publicações de alguma ou outra novela do conjunto das 100 que compõem a totalidade da obra. Assim, somente agora, após muitas décadas, os leitores brasileiros terão a oportunidade de uma tradução integral novamente. No livreto que circulou no evento da Unicamp, com a tradução da "Primeira Jornada" de Decameron, há a informação de que o livro conterá 632 páginas, custará 74 reais e já está nas livrarias desde o mês de setembro.

Afora a valiosa iniciativa da editora, e a já evidente excelência da tradução de Benedetti (que pôde ser antevista, em parte, no livreto), a tradutora proferiu uma importante palestra no evento de celebração dos 700 anos do nascimento do escritor, contando sobre o desafio de traduzir o Decameron. 

Ivone analisou e discutiu a tarefa do tradutor, seus desafios diante das requisições do mercado e as exigências das editoras - conforme a visão que têm do público leitor brasileiro -, com boas abordagens desses problemas, os quais, para os tradutores, já são hoje corriqueiros; além de também, discutir vários outros assuntos de importância para leitores e tradutores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!