Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Memórias guardadas no subsolo, passam a fazer parte das atrações do Museu do Transporte de Londres



No coração de Covent Garden, o Museu do Transporte de Londres é um verdadeiro tesouro de veículos históricos, onde é possível ver como as pessoas locomoviam-se em tempos remotos, dos primeiros ônibus aos primeiros vagões de metrô e veículos puxados por cavalos

Vai ser possível ver também que Londres caminha sobre uma rede fantasma de metrô, com quase quatro dezenas de estações abandonadas ao longo do tempo. Algumas delas ainda preservam o prédio original no nível da rua, com a típica fachada de cerâmica vermelha do período eduardiano.Juntos, eles contam a história da transformação da cidade em uma metrópole totalmente moderna ao longo dos últimos dois séculos. A partir do próximo dia 7, o Museu do Transporte de Londres, Londres vai incorporar uma nova atração turística: os subterrâneos de Londres, que escondem mais do que terra, tubos, fios e vestígios da ocupação romana no século 1º d.C.

Dentre estas estações, uma das mais intactas é a de Aldwych, no centro. Foi inaugurada em 1907, quando os passageiros circulavam garbosamente de cartola e pincenê. Pertenceu a um rabicho desativado da linha Piccadilly e serviu de esconderijo para obras de arte durante os bombardeios alemães da Segunda Guerra. Meio século depois, em 1994, foi aposentada devido à baixa demanda de tráfego.

Esses históricos túneis poderão ser percorridos em visitas organizadas pelo Museu, em passeios que fazem parte da comemoração dos 150 anos do metrô londrino, o mais antigo do mundo. Quem não estiver na capital britânica, mas quiser conhecer seu submundo pode assistir ao documentário "The Secret Station", disponível na internet.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!