segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Festival Nordestino de Teatro (FNT), em Guaramiranga, foi encerrado no sábado, 14.09


Em uma demonstração de afeto e reconhecimento, o grupo potiguar "Clowns de Shakespeare", cuja estreia, nos anos 1990, aconteceu na primeira edição do Festival Nordestino de Teatro (FNT), em Guaramiranga, foi o convidado especial da última noite do evento


"Sua Incelença, Ricardo III", com direção de Gabriel Villela, encerrou os trabalhos da 20ª edição do festival, que, durante uma semana, movimentou a produção das artes cênicas do Nordeste. O evento contou, com debates, apresentações e shows. A mostra Nordeste teve ainda os espetáculos "Efemérico", do grupo paraibano "Cia Sírius", no Teatrinho Rachel de Queiroz, e o cearense "Bagaceira", que apresentou "A mão na face", na Escola Professor Júlio Holanda.


A noite teve programação com os shows musicais da banda "The Blues Is On The Table", na Arena do FNT, além da apresentação de Gláuber Nocrato, no Odilon Bar. Foram apresentados 35 espetáculos teatrais, além de shows, oficinas, dentre outras atividades, todas gratuitas. O público conferiu ainda um Shakespeare ao alcance de todos, uma vez que o espetáculo do grupo de Natal mistura referências eruditas e populares, recorrendo às reminiscências circenses.



O objetivo é deixar um Shakespeare mais leve, sobretudo com relação ao espetáculo, que, segundo Fernando Yamamoto, na versão original, é muito sanguinolento e denso. O diretor optou por uma linguagem circense para contar essa história, informa. Músicas nordestinas e inglesas são intercaladas no espetáculo que tem 1h15 de duração.

No palco da Central de Artesanato, "Tradição, Raízes e Recordar é Viver" encenaram "Dramas de Guaramiranga". A noite foi encerrada com música da mais alta qualidade. O FNT é uma realização da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (Agua)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!