sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Encontrado manuscrito de Borges na Biblioteca Nacional argentina



Um manuscrito inédito de Jorge Luis Borges, encontrado nos depósitos da Biblioteca Nacional argentina, muda o final de um famoso conto já publicado pelo escritor, anunciou a instituição nesta quinta-feira


O "papelzinho" de seis linhas estava entre as páginas de um exemplar da revista literária "Sur", de fevereiro de 1944, que havia pertencido ao autor de "O Aleph"."O manuscrito encontrado nos depósitos da hemeroteca da Biblioteca Nacional apresenta um final alternativo de 'Tema do Traidor e do Heroi'", que integra o livro "Ficções", editado em 1944, acrescenta a nota.

O texto revela a pequena grafia do autor, na qual as letras aparecem separadas e inclui várias rasuras.

"Trata-se do primeiro manuscrito importante de Borges sob a custódia do Estado argentino, já que todos os outros foram vendidos para o exterior, ou estão em mãos privadas", afirmou o diretor de Cultura da Biblioteca, Ezequiel Grimson.

Foi nesse número da revista "Sur" que apareceu pela primeira vez o famoso conto e, a partir dessa edição, Borges corrige o texto e junta àquele onde ensaia o novo final que será incluído depois em "Ficções".

A descoberta faz parte do trabalho do Programa de Pesquisa e Busca de registros borgeanos da Biblioteca Nacional, que se encarrega de rastrear os vestígios deixados pelo escritor nos livros da biblioteca mais importante do país.

O resultado dessa revisão minuciosa dos volumes consultados por Borges durante sua gestão como diretor da Biblioteca foi a publicação de "Borges, libros y lecturas", em 2010.

Esse livro recupera as anotações feitas pelo escritor nas margens dos textos.

O diretor da Biblioteca, Horacio González, disse que está trabalhando para que o manuscrito seja exibido ao público.
Fonte: terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!