domingo, 1 de setembro de 2013

Ariano Suassuna deixa a UTI depois da arteriografia



O escritor paraibano radicado no Recife Ariano Suassuna, 86 anos, deixou a UTI do Real Hospital Português, onde está internado desde a última quinta-feira (29), e foi transferido para um quarto 

De acordo com o neuro-radiologista Carlos Abath, que realizou a embolização, Ariano está "superbem, contando as piadas dele no quarto, sem nenhuma sequela, ativo e com os movimentos de todos os membros preservados". O tratamento do aneurisma só aconteceu agora, dois anos depois de diagnosticado, porque o escritor não apresentava queixas em relação ao problema. O paciente, que também é secretário Especial da Assessoria do Governo, se recupera de uma arteriografia cerebral, procedimento também conhecido como embolização, realizada para corrigir um aneurisma diagnosticado desde 2011.

"Por causa do pequeno infarto sofrido da há duas semanas, o músculo cardíaco ficou com dificuldade para se movimentar. Criou-se um pequeno trombo (coágulo). Este coágulo desprendeu-se, provocando um acidente vascular cerebral leve, já tratado, e que não deixou nenhuma sequela. O problema é que, por causa do aneurisma, ele não poderia tomar os remédios anticoagulantes necessários para evitar um novo trombo. Desta forma, foi necessário tratar do aneurisma, que é uma dilatação da veia. A embolização consiste no preenchimento desta dilatação com pequenas molas que fecham a cavidade", explica Carlos Abath.

Segundo boletim médico divulgado no último sábado (30), ainda não há previsão de alta médica e as visitas estão proibidas.
Fonte: jconline

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!