Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Com sua condição de paraíso intocado, a Região Norte é uma das joias do turismo brasileiro



Uma das regiões mais intocadas do Brasil ainda no século XXI, a região Norte conta com uma forma alternativa de turismo: o ecoturismo


Nos sete estados em que abrange – Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – percebe-se as atrações voltadas ao ambiente, sobretudo, devido à influência da floresta amazônica

A inclusão como patrimônio da humanidade teve tamanha repercussão que o estado do Amazonas é o que mais recebe visitantes na região Norte. Por isso, ao visitá-lo, o turista não pode deixar de visitar a capital Manaus, o Teatro Amazonas e o famoso mercado municipal da cidade.

A hidrografia do estado do Amazonas também é motivo de atração turística. A bacia Amazônica proporciona um dos momentos mais distintos e belos para quem não está cotidianamente na região: o encontro das águas do Rio Negro com as águas do rio Solimões. Com tonalidades diferentes, a confluência entre os rios gera um cenário único e apreciador da natureza. Além disso, a formação de ondas fluviais tem atraído os turistas. O fenômeno conhecido como pororoca, possibilitou a prática de surfe na região amazônica.


Ainda no Amazonas, o festival folclórico de Parintins está entre as atrações mais chamativas no calendário brasileiro. A disputa entre os bois Garantido e Caprichoso leva milhares de brasileiros não oriundos do Norte a conhecer a rivalidade.


Outro estado que possui grande atividade turística na região Norte é Rondônia, com a estrada de ferro Madeira-Mamoré, entre Porto Velho e Guajará-Mirim, e o museu da mesma estrada, cuja construção é considerada histórica naquela região.


Quanto às atrações turísticas que pendem para a competição, uma alternativa interessante é a corrida dos Jericos, veículos adaptados ao campo, na cidade de Alto Paraíso. Rondônia também recebe a maior festa junina da região norte, responsável, em igual parte, pelo atrativo da região, o Arraial da Flor do Maracujá, também em Porto Velho.


Roraima faz parte da lista de estados da viagem, sobretudo, aos interessados em arqueologia e escalada. O sítio da Pedra Pintada é considerado o maior no estado, pelos arqueólogos, enquanto, o Monte Roraima é uma atração devido ao desafio de superá-lo, já que, sua maior parte situa-se na Venezuela.


Por último, tem-se o estado do Pará como importante agente turístico no Norte brasileiro. As paradas do visitante estão no mercado de Belém, eleito uma das sete maravilhas do Brasil, e nas cidades que conservam lugares fundados ainda no ciclo da borracha, como as vilas localizadas em Santarém e Ananindeua.


Com muitas alternativas de um turismo natural, em tempos de sustentabilidade a região Norte passa estar ainda mais refletida para o mundo, consolidando a tendência de receber pessoas, devido aos presentes cedidos pela natureza a esta terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!