terça-feira, 23 de julho de 2013

Exposição do fotógrafo Walter Firmo no CCBB antecipa programação do mês da fotografia




Revelando-se como um dos mais seletos espaços culturais da Capital Federal, o Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB, apresenta de 22 de julho a 18 de agosto, exposição do carioca Walter Firmo, uma leitura da história do premiado fotógrafo

Com curadoria do próprio autor e de Egberto Nogueira, diretor da paulista Imã Galeria, a exposição é um recorte afetivo na obra de Firmo, contemplando a história do fotógrafo que nasceu no Rio de Janeiro e ganhou o mundo com o trabalho consagrado por premiações e, sobretudo, pelo público. Brasília será a segunda parada da exposição, que foi montada antes em São Paulo, em 2012.Entre os mais consagrados fotógrafos brasileiros, Firmo é reconhecido por seus registros em cores quentes e frias e por seus retratos em preto e branco – como o de Pelé numa perna só, evocando a figura mítica do Saci, e o de Tom Jobim empunhando uma flauta em sua casa na Gávea, no Rio de Janeiro –, por exemplo. Walter trabalhou nos mais importantes veículos da imprensa nacional e é um dos fotógrafos brasileiros mais premiados aqui e no exterior – além de já ter sido agraciado com o título de comendador pelas mãos do ex-presidente Lula e pelo ex-ministro da Cultura Gilberto Gil.
A exposição Walter Firmo – Luz em Corpo e Alma vem acompanhada de um documentário filmado e produzido por Egberto Nogueira. Ao passar por Copacabana, Lapa e outros locais do Rio de Janeiro e São Paulo, Firmo mostra seu viés poético e conceitual ao falar da infância e de sua criação no subúrbio de Irajá, entre outros momentos marcantes de sua vida e trajetória de 55 anos dedicados à fotografia e à arte de ensinar.
No dia 9 de agosto, Firmo fará uma visita guiada pela exposição, seguida por um bate papo com o público.
Mês da Fotografia 2013- “As imagens de uma paixão- O futebol no imaginário popular brasileiro”
Este ano, o Mês da Fotografia irá oferecer uma oportuna imersão no universo do futebol, com o tema “As imagens de uma paixão – O futebol no imaginário popular brasileiro”. Aqui, o futebol – um patrimônio cultural brasileiro – inclui todas as nuances desta democrática e exuberante mania nacional: o futebol-arte, a paixão – sem distinção de gênero ou idade – em grandes estádios ou em lúdicas peladas nos fins-de-semana, as escolinhas, os campos de várzeas, a bola de meia, a técnica e o domínio da bola que nasce desde cedo no cotidiano das crianças brasileiras.
De 1º a 31 de agosto Brasília vai mergulhar na arte da fotografia com um farto banquete para os amantes do gênero. Com imagens deslumbrantes e a intensa troca de ideias, o encontro é movido pela vontade de sensibilizar e formar novos públicos para a fotografia e artes visuais como um todo. Para o diretor executivo do projeto, fotógrafo Eraldo Peres, o evento tem como missão democratizar a arte da fotografia, não somente pela gratuidade das atividades, mas por serem realizadas fora do plano piloto. “Esta edição chega para consolidar o evento que traz como tema uma paixão nacional, que é o futebol, em um momento em que o Brasil se prepara para realizar o maior evento do esporte- a Copa do Mundo. Além disso, estamos agregando dois novos espaços importantes da cena cultural brasiliense, que é o CCBB e o Instituto Cervantes, que farão parte do roteiro do mês da fotografia com duas importantes exposições”, afirma Peres.
Além de Walter Firmo, participam do evento nomes de destaque da fotografia nacional – como Ueslei Marcelino, Daniel Kfouri, Beto Barata, Dirceu Maués, Ed Viggiani, Sérgio Dutti, Delfim Martins, Samuel Paz, Adriano Gonçalves, Kazuo Okubo, Izan Petterl, Toni Martin, Vania Jucá, Fernando Bueno e José Rosa, entre muitos outros – também estarão promovendo exposições, oficinas e outras ricas interações da fotografia com o público brasiliense. Este ano, o evento irá também homenagear um dos mais consagrados fotojornalistas brasileiros do século 20, Gervásio Baptista – que registrou grande parte dos acontecimentos e das personalidades mais importantes dos últimos 50 anos no Brasil. Está programado também o popular Fotografaço, no qual o público é convidado a fotografar livremente na área externa do Museu da República.
Estima-se que mais de 500 mil pessoas participem do evento. Em 2012, mais de 3 mil pessoas participaram diretamente do encontro, e mais de 400 mil visitaram as exposições fotográficas.
Realizado desde 2010 em parceria com o SESC/DF, o Mês da Fotografia tem apoio do Governo do Distrito Federal, do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República e da Universidade Católica de Brasília.
Coletiva

O tema “As imagens de uma paixão – O futebol no imaginário popular brasileiro” será abordado também na II Exposição Coletiva dos Fotógrafos do Centro-Oeste, um registro multifacetado da forma como a paixão pelo futebol se traduz no imaginário popular brasileiro. A coletiva vai apresentar o olhar dos fotógrafos da região por meio de cem fotografias a serem expostas na Galeria Térreo do Museu Nacional da República. Nela, o tema será explorado em imagens que revelem as relações da região Centro-Oeste com a prática profissional e amadora do futebol, suas atividades sociais, econômicas e formas de organização; com o futebol como expressão cultural, seus símbolos, a diversidade das suas práticas e suas manifestações materiais e imateriais; com o futebol como paixão popular e suas relações com o comportamento humano, peladeiros, craques, torcidas e torcedores.

O quê: Exposição Luz em corpo e alma - MÊS DA FOTOGRAFIA

Onde: CCBB Brasília - espaço montado no vão central entre a bilheteria e o café Bom Demais

Período: de 22 de julho a 18 de agosto

Horário de visitação: 9h às 18h

Visita guiada e bate papo com o autor: Dia 9 de agosto às 19:30 h



Fonte: redação do clicabrasilia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!