quarta-feira, 26 de junho de 2013

O Oeste da Bahia não é só produção de grãos e guarda enorme potencial turístico



Há mais de duas décadas a Região Oeste da Bahia vem se destacando como o maior celeiro do Estado, batendo recordes sucessivos de produção de grãos, notadamente quando o assunto é a soja. Mas a enorme extensão territorial guarda verdadeiros tesouros inexplorados para o mercado do turismo


De grutas a rios, de paredões rochosos e sítios arqueológicos, a faixa territorial situada no oeste do estado da Bahia guarda enorme potencial para exploração do turismo na região, trazendo um outro viés econômico e fugindo da dependência do agronegócio. Principalmente para os mochileiros e aventureiros em geral que, na sua grande maioria, foge do clássico “sol e mar”, as atrações do oeste baiano são as mais variadas. A seguir, enumeramos algumas delas.

São Desiderio

Tendo o Cristo Redentor a emoldura-la, a cidade pode ser vista de uma forma privilegiada a partir do monumento. Em um passeio pelas ruas é comum encontrar moradores receptivos e alegres às portas de suas casas. Certamente, logo surgirá um convite para uma roda de conversa, um cafezinho ou a degustação de um dos inúmeros pratos típicos da região. 



A cidade tem várias atrações, entre as quais

•146 grutas catalogadas entre elas o Buraco do Inferno com 4 km de extensão e uma depressão de aproximadamente 60 metros e 300 de diâmetro,
•Nove sítios arqueológicos;
•Centenas de inscrições e pinturas rupestres;
•Maior lago subterrâneo do Brasil, Lago do Cruzeiro
•Uma das maiores bacias hidrográficas do nordeste, rica em biodiversidade;
•24 rios perenes entre eles o Rio das Fêmeas
•Paredões rochosos de até 40 metros de altura favoráveis a prática de rapel e tirolesa
•Trilhas ecológicas;
•Cachoeiras e lagos;
•Nascente do Rio Grande um dos principais afluentes do São Francisco em sua margem esquerda;
•Parque Municipal da Lagoa Azul com vários atrativos naturais
•Fenômenos naturais, a exemplo do que pode ser observado no sumidouro, onde se forma uma espécie de piscina natural na qual a água sobe e desce num ritmo marcado pela própria natureza, denominado sifão.

Sítios arqueológicos

Dos sítios arqueológicos descobertos no município três foram nomeados e os outros são identificados por pontos de GPS. Nesses locais foram encontrados artefatos como peças de cerâmica, instrumentos de caça, urnas funerárias, ossadas e pinturas rupestres. Esses materiais são datados de dois mil anos. Os sítios mais conhecidos são:

Lapa dos Tapuias no distrito de Sítio do Rio Grande;
Morro dos Tapuias situado na Fazenda João do Dazinho;
Morro do Sol na Fazenda Beleza

Outras atrações do Oeste Baiano

Rio de Ondas – Cartão postal de todo o Oeste, com sua calha coberta de água, faz com que as ondas tenham um aspecto de corredeiras espumantes, efeito deslumbrante aos olhos de quem está as suas margens. O rio oferece não só lazer, mas também entretenimento, o que proporciona aos moradores locais e aos seus visitantes, várias modalidades de aventura, inclusive a decida de bóia-cross e caiaque.

Serra da Bandeira – Bem no alto da serra, a 787m do nível do mar, com suas paredes rochosas, sua localização tem como referência o aeroporto, existem diversos mirantes naturais com vista panorâmica de, aproximadamente, 280 graus para o vale, de onde se pode, do alto, olhar toda a cidade de Barreiras. Além disso, o por do sol pode ser assistido de lá ou, até mesmo, percorrer trilhas por entre vegetação rasteira existente lá. O local também é utilizado para a prática de esportes radicais.

Cachoeira do Acaba Vida – Com 36 metros de queda livre, a cachoeira fica a 90 km de Barreiras e proporciona ao turista, um visual deslumbrante, emoldurada pela água, mata e por um céu quase sempre azul. Um dos locais mais visitados por quem percorre a região.

Cachoeira do Redondo – Praticamente vizinho da cachoeira anterior (58 km de Barreiras), que tem uma queda de água livre, formando assim, uma grande piscina de água cristalina e com três metros de profundidade.
Além disso, os passeios ecológicos não param por aí. Também em São Desidério (27 km de Barreiras) e na região circunvizinha existe opção de visitar as diversas grutas e cavernas. As grutas do Catão, do Sumidouro, do Buraco do Inferno, do Paulista e do Sítio Grande são as mais visitadas.

Quer saber mais? Visite essa deslumbrante região ainda pouco explorada pelo trade turístico, mas que guarda tesouros que encantam aos que nela se aventuram. Você terá a oportunidade de constatar que a Bahia não é só praia, Chapada Diamantina, região do São Francisco ou o misticismo da impagável Salvador. O Oeste tem muito a oferecer. Boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!