sexta-feira, 14 de junho de 2013

1º Festival de Sanfonas, Violas e Poesias – o "São João Cultural" de Campina Grande, foi aberto na última quinta-feira, 13


 


Na Paraíba, terra do repentista maior Bráulio Tavares, Geraldo Amâncio, parceiro de Luiz Gonzaga abre "Festival de Sanfonas, Violas e Poesias"

A noite de estreia do 1º Festival de Sanfonas, Violas e Poesias – o "São João Cultural" de Campina Grande –, nesta quinta-feira, 13, contou com uma presença ilustre: o cearense Geraldo Amâncio, um dos maiores poetas repentistas do Nordeste e antigo parceiro de Luiz Gonzaga. Neto de cantadores e grande contador de “causos”, Amâncio trouxe à tona uma revelação que o Rei do Baião lhe fez certa vez: “Gonzagão disse que o baião tocado por ele tinha sido tirado da viola do repente", afirmou Amâncio.

Com mais de 50 anos de carreira, o poeta repentista conta, orgulhoso, que foi o primeiro a cantar fora do país e que até hoje consegue viver do repente, poemas feitos de improviso a partir de um determinado mote. Ao lado do também poeta repentista João Paraibano, Amâncio foi a grande atração da noite de estreia do festival que vai reunir poetas, violeiros e sanfoneiros entre os dias 13 e 21 de junho. A abertura do evento aconteceu no Teatro Municipal Severino Cabral, em Campina Grande, e faz parte da programação das festas juninas na cidade – autoproclamadas o Maior São João do Mundo.

Durante a primeira noite do festival o público ainda pôde assistir a apresentações do chorinho de Duduta e seu Regional, do xaxado do grupo Acauã da Serra, dos "causos" de Daniel Duarte, da poesia popular de Mariana Teles, do coco de embolada de Rouxinol e Estrela da Poesia, além dos aboiadores Paulo e Jairim, do declamador Chico Pedrosa e do cantor Biliu de Campina, grandes representantes das mais genuínas expressões culturais da região Nordeste.

O 1º Festival de Sanfonas, Violas e Poesias acontece nos dias 14,15, 20 e 21 de junho, sempre a partir das 18h. Aproximadamente 50 artistas de toda a região Nordeste vão se apresentar durante os cinco dias do evento. Além dos shows, também estão acontecendo exposições no hall do teatro com o poeta e cordelista Manoel Monteiro e com o cartunista Fred Ozanan.
Nesta sexta-feira, 14, se apresentam Duduta e Seu Regional, os repentistas Paulo e Genaldo Pereira, Jonas Bezerra e Ismael, Louro Branco e Zé Viola, Carlinhos da Prata e Renê Cavalcante, o declamador Enoque Ferreira e o forrozeiro Antenor Cazuza.

Referência: terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!