quarta-feira, 8 de maio de 2013

Zélia Duncan e Adriana Calcanhotto, juntas no palco


Duas das maiores representantes da música brasileira estarão lado a lado nos palcos, a partir de junho, no Prêmio da Música Brasileira
 Zélia Duncan e Adriana Calcanhotto formam uma dupla afinada. A boa química da inusitada parceria poderá ser conferida no mês que vem, quando as duas subirem ao palco juntas para apresentar a 24ª edição do Prêmio da Música Brasileira, programada para o dia 12 de junho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A partir de então, a convivência será diária. Durante um mês, as duas seguem juntas com a Turnê do Prêmio da Música, que nesta edição homenageará Tom Jobim e vai passar por nove cidades brasileiras. 
"Vai ser uma farra", brinca Adriana. "Quase uma colônia de férias", diverte-se Zélia. Em uma animada conversa com o Estado realizada na quinta-feira, no bairro do Jardim Botânico, no Rio, elas falaram sobre as expectativas da entrega do Prêmio e da turnê, e também sobre seus projetos individuais.

Tem novidade na carreira das duas. No próximo dia 9 de maio no Teatro Bradesco, em São Paulo, Adriana inicia a turnê brasileira - que começou em Portugal, no mês passado - de seu novo show, Olhos de Onda. Zélia segue pelo interior do estado com a turnê de Tudo Esclarecido, novo disco lançado em janeiro, onde a cantora decifra os versos do músico paulistano Itamar Assumpção (1949-2003).

E como será a desenvoltura das duas no palco? "Ela manda e eu obedeço", responde rápido Adriana. "Sabe como é, aquela que finge que está obedecendo?", ri Zélia. Elas nutrem uma admiração mútua. "Vou adorar apresentar o prêmio e olhar pra Adriana, porque eu vou ver não só uma artista que eu admiro, mas também uma pessoa em quem eu confio. O fato de termos o mesmo ofício é uma delícia."

O responsável por essa aproximação entre as duas artistas é José Maurício Machline, idealizador do Prêmio. Ele vai botar as duas na estrada junto com Roberta Sá, Zé Renato e João Bosco. A trupe vai passar por regiões que estão fora do tradicional circuito de grandes shows no Brasil - a turnê começou a ocorrer desde que a Vale passou a patrocinar o evento, quatro anos atrás, possibilitando que os artistas interagissem com uma audiência não muito acostumada com seus repertórios. Adriana, por exemplo, nunca foi a Marabá, no Amapá, ou a Parauapebas, no Pará.

O roteiro de shows da turnê conjunta inclui ainda São Luís, Vitória, Belém, Itabira, no triângulo mineiro, e Belo Horizonte. A apresentação em São Paulo acontece no dia 28 de junho, no Teatro GEO. A turnê vai passar também pelo Rio, no dia 10 de julho, com apresentação na Cidade das Artes.
Fonte: estadao

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!