segunda-feira, 20 de maio de 2013

O canal History mostrou neste domingo (19), nuances da civilização Asteca



O canal por assinatura History tem programação com formato que contempla públicos de diferentes ideias e vertentes. A produção aborda temas de interesse geral, como geologia e astronomia, entre outros; no último domingo (19), a civilização asteca foi um dos temas explorados

História da civilização


A civilização Asteca foi formada por um conjunto de etnias indígenas que possuía um idioma comum, o náhualt. Habitavam as regiões de Tenochitlán e Tlatelolco, na Mesoamérica, entre os séculos XII e XVI. Os astecas, juntamente com os maias e os incas, foram as grandes civilizações da era pré-colombiana. Apesar de não se autodenominarem astecas, ficaram com esse nome por acreditar-se que a maioria das tribos era oriunda deAztlán.

Depois do colapso da mítica cidade de Tollan, no princípio do século XII, ocorreu uma imensa migração de índios toltecas e chichimecas em direção a região de Cholula, zona oeste do atual estado de Puebla, no México. Os migrantes estabeleceram alianças com os habitantes nativos e conseguiram vencer os olmecas numa disputa, finalmente ocupando a zona do Planalto Central. A última grande migração foi de uma outra tribo, ocorrida durante os séculos XIII e XVI e neste intervalo de tempo, o povo que agora chamamos astecas, já havia ocupado quase todo o território.

Depois de percorrer imensos territórios, no século XIV, a civilização asteca estabeleceu-se definitivamente no atual Valle do México. Fundaram a capital, Tenochtitlán, numa pequena ilha, nos arredores do lago Texcoco. Durante os primeiros anos, tiveram que lutar com inúmeras tribos locais pela posse das melhores porções de terra para obtenção do domínio político da região. A medida que ganharam terreno, foram estabelecendo um poderoso sistema baseado na obediência, trabalho e pagamento de impostos. O alicerce da expansão asteca foi seu poderoso exército. Entretanto, após reconhecer a soberania do imperador asteca, os povos conquistados, mantinham uma representação própria, que procurava conviver da forma mais pacífica possível com o poder central dos astecas.

Provando ser um povo com visão de futuro, a civilização asteca desenvolveu a noção do cultivo hidropônico nas áreas ao redor do laco Texcoco, fazendo crescer plantações sobre suas águas. A cultura asteca deve a sua força, entre outros aspectos importantes, ao avançado grau de desenvolvimento técnico e científico. A educação de seu povo neste campo foi fundamental, alcançando níveis de abstração maiores do que qualquer outra cultura, principalmente nos ramos da matemática e da astronomia. 
A medicina mexicana transcendeu sua própria época e está presente na base de diversas bebidas e cosméticos da modernidade. A engenharia terrestre e naval, as técnicas agrícolas e o desenvolvimento de uma escrita própria foram outros aspectos fundamentais da civilização asteca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!