sábado, 25 de maio de 2013

Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão se consolida-se como o maior e mais importante festival de música clássica da América Latina


O maior evento de música erudita do País acontece de 29 de junho a 28 julho e, pela segunda vez, será organizado pela Fundação Osesp. O orçamento previsto para este ano é R$ 6, 2 milhões: 2,5 milhões recebidos do governo do Estado e o restante patrocinado pela iniciativa privada



Conhecido e respeitado internacionalmente, o Festival é passagem obrigatória de conceituados artistas de todo o mundo. Ao longo de sua história, nomes do porte de Eleazar de Carvalho, Magda Tagliaferro, Yehudi Menuhin, Hugh Ross, Mstislav Rostropovich, Michel Philippot, Kurt Masur, Dame Kiri Te Kanawa, Trio Beaux Arts, Ysaÿe Quartet e Le Poème Harmonique, entre muitos outros, brilharam nos palcos e classes do Festival.


Em sua mais recente edição, fizeram parte da programação os regentes Frank Shipway, Carlos Kalmar, Claudio Cruz e Yan Pascal Tortelier, os pianistas Nelson Freire, Cristina Ortiz, Maria João Pires e Arnaldo Cohen, os oboístas Albrecht Mayer e Alex Klein, os violoncelistas Antonio Meneses e Marc Coppey, os violinistas Gilles Apap e Dmitri Berlinski, além de grupos como Akademie für Alte Musik Berlin, Arditti Quartet e Les Musiciens de Saint-Julien.


Além da apresentação em concertos, esses grandes artistas também fazem parte da programação pedagógica do Festival, dando aulas e master classes a jovens músicos. Anualmente, estudantes de música de diferentes partes do mundo - sobretudo do Brasil, América Latina e América do Norte - escolhem o Festival de Campos do Jordão para se aperfeiçoarem. Em 2011, o Festival recebeu mais de mil inscrições, e foram selecionados 166 bolsistas. Muitos renomados artistas brasileiros foram bolsistas do Festival de Campos do Jordão em edições anteriores, e reconhecem a sua importância no caminho para a profissionalização de jovens músicos.


A qualidade do Festival não se restringe à programação. O evento oferece também atenção especial para a comunidade de Campos do Jordão, por meio de seus projetos de responsabilidade social. Formação musical para alunos e professores das escolas públicas da região, apresentações musicais em asilos da região, ingressos gratuitos ou com desconto para moradores da cidade estão no foco das ações responsáveis do Festival.


Realizada este ano, a 43ª edição do Festival Internacional de Campos do Jordão contou com mais de 78 concertos e com a participação de grandes artistas. Durante as quatro semanas do evento (de 30 de junho a 29 de julho), um público de mais de 66 mil pessoas acompanhou a programação artística no Auditório Cláudio Santoro, nas igrejas e na Praça do Capivari.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!