domingo, 28 de abril de 2013

“O Pequeno Príncipe” é o príncipe do mundo com seus mais de 143 milhões de exemplares vendidos


Em plena era de Avatar, Hobbit e Harry Potter, a obra de Saint-Exupéry “O Pequeno Príncipe”, ainda lidera com folga a lista dos livros mais traduzidos do mundo e segue encantado o seu público alvo

O Pequeno Príncipe é o livro mais vendido e traduzido no mundo — e só fica atrás da Bíblia. O livro já vendeu mais de 143 milhões de cópias e foi traduzido em nada menos de 257 idiomas e dialetos. As crianças brasileiras conheceram o principezinho com dois anos de atraso, em 1945.

Toda história tem um começo

Tudo começou quando, em uma viagem aos Estados Unidos para se tratar dos vários acidentes que sofreu durante a guerra, Saint-Exupéry ganhou um livro muito especial de uma amiga, só para passar o tempo: era “A Pequena Sereia”, de Hans Christian Andersen. Inspirado, ele também quis escrever uma história e, depois de ganhar tintas aquarela, estava prontinho para ilustrar essa aventura.

Como Saint-Exupéry já tinha escrito outros livros, sua editora sugeriu que ele escrevesse uma historinha de Natal. Dizem que ele se inspirou em seu irmão caçula, François, para criar o primeiro esboço do menininho que se tornaria o Pequeno Príncipe. Na hora de desenhar, filhos dos amigos viravam modelos. Para criar o tigre da história, Saint-Exupéry estudou o cachorro boxer de uma amiga, e a tão famosa ovelha do livro foi inspirada em... um poodle!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!