terça-feira, 6 de novembro de 2012

'Candle in the Wind' é a música mais vendida dos últimos 60 anos, na Inglaterra

Canção mais comprada e seu intérprete, Elton John


A lista das músicas mais vendidas na Inglaterra revela, para alguns críticos, o mau gosto dos britânicos. O Single composto por Elton John vendeu quase 5 milhões de cópias

A Official Charts Company, OCC, é uma empresa que compila os dados e tabelas oficiais da indústria fonográfica no Reino Unido. Em comemoração aos seus 60 anos, ela acaba de soltar uma lista das 123 músicas que venderam mais de um milhão de cópias na Inglaterra.
Os ingleses têm mau gosto? Não, necessariamente. Mas eles gastam mesmo seu dinheiro em baladas açucaradas e hits com rimas infantis. O crítico do Independent, Neil McCormick, lascou em sua coluna: “Esses são os artistas que deveriam mesmo representar a Grã-Bretanha numa Olimpíada Cultural? Quando se trata de pop, nós somos piegas, festivos e burros”. Vejam bem, foi um crítico inglês quem fez tal afirmativa.
A música mais vendida é Candle In The Wind, de Elton John, lançada em 73 e relançada em 1997, quando da morte de Lady Di. Essa versão surgiu quando Elton quis homenagear sua amiga princesa, não tinha tempo para fazer uma nova canção para a missa em que ia se apresentar e reescreveu partes da letra com seu parceiro Bernie Taupin. “Goodbye, Norma Jean” virou “Goodbye England’s Rose”.
Elton John canta "Candle in the Wind" no funeral de Lady Di

Com quase 5 milhões de cópias vendidas, o single encabeça a lista de canções mais populares desde que tais números começaram a ser registrados, em 1952. O astro pop, alcançou enorme sucesso no Brasil, em meados da década de 70, com Skyline Pigeon, que frequentou as paradas locais por longos cinco anos. Na esteira do sucesso vieram Crocodile Rock, Daniel, Your Song, entre tantas outras canções do extravagante cantor, adepto das roupas espalhafatosas e dos óculos igualmente exóticos.
O crítico Neil McCormick pode estar sendo excessivamente duro com a safra de artistas que estariam representando a Grã Bretanha na “Olimpíada Cultural”, mas é o retrato do típico cidadão inglês. Fazer o que?
Euriques Carneiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!