terça-feira, 4 de setembro de 2012

Gigante da energia, a Eletrobrás reduz patrocínios para projetos culturais em 2013




O Brasil já anda carente de incentivos destinados à cultura e à arte, com a iniciativa privada cada vez mais retraindo-se, alegando redução de lucratividade. A bola da vez é a Eletrobrás que, trilhando o mesmo caminho, anunciou redução no montante destinado ao segmento
A Eletrobrás anunciou que vai investir R$ 13,3 milhões em patrocínios para projetos de teatro, audiovisual e patrimônio imaterial. O valor é menor do que o destinado para este ano (R$ 21,6 milhões) e 2011 (R$ 13,8 milhões). Segundo a empresa, o montante diminuiu porque ele depende de seu lucro tributável, já que os patrocínios são via Lei Rouanet.
O dinheiro para o patrocínio foi reduzido porque este teria diminuído. As inscrições podem ser feitas pelo site www.eletrobras.com/editalcultural até 3 de outubro às 8 horas. Os resultados serão divulgados no dia 4 de dezembro, com contratações a partir de 10 de janeiro de 2013.
quem tem projetos culturais necessitando do apoio da empresa, deve estruturar e formatá-lo de forma a enquadrá-lo nas normas vigentes, uma vez que os incentivos estão vinculados à Lei Rouanet, que disciplina os incentivos fiscais concedidos a quem apoia projetos culturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!