domingo, 23 de setembro de 2012

Começa em Munique a Oktoberfest, a maior festa de cerveja do mundo



Segundo previsões, mais de seis milhões de pessoas de todo o mundo devem participar desta edição, na qual serão consumidos sete milhões de litros de cerveja nas 35 barracas gigantes instaladas em um terreno de 26 hectares em Munique

"Para todos os que viajam para o exterior, a Oktoberfest é a primeira coisa que reservam, a primeira coisa que querem fazer", explica Brittany, exibindo um elegante "dirndl", traje tradicional bávaro com um generoso decote.

"Se nos divertirmos, voltaremos no próximo fim de semana. Ouvimos muitas coisas boas sobre a Oktoberfest", acrescenta. Para sua amiga Olivia, que usava um elegante vestido branco, as roupas tradicionais são o melhor da festa. "Nunca tinha vindo à Alemanha antes e quando penso em Munique, penso nos vestidos. Sei que são típicos, mas são tão legais!", afirma.

Algumas barracas são alugadas por grandes empresas que recebem seus sócios, seus clientes e jornalistas. Como tira-gosto, os participantes terão à disposição dezenas de milhões de bretzels (biscoitos assados), knodel (massas com carne, sêmola ou pão) e outros pratos típicos da Baviera. No ano passado foram consumidos durante a Oktoberfest 118 bois e 53 bezerros.

Mais de 200 anos de história


Andreas Maffey, piloto de avião bávaro de 33 anos, se sente orgulhoso de participar da festa. "Temos a sorte e o privilégio de ter o maior festival do mundo na nossa porta", explica.

"Durante a Oktoberfest, reservo minha mesa a cada dia, mas não posso vir todos os dias porque meu fígado não suportaria", brinca o piloto, embora tenha garantido que neste sábado está preparado para beber oito litros de cerveja.

Embora a festa seja comemorada há 202 anos, a de 2012 é a 179ª edição porque as duas guerras mundiais, duas epidemias de cólera e a hiperinflação dos anos 1920 forçaram a suspensão de 24 edições. Este ano, os participantes se queixam do que consideram um aumento vertiginoso do preço do litro da cerveja, que custa entre 9,10 e 9,50 euros.

Nos últimos dez anos, o preço da "mass" (a jarra de um litro) aumentou 43% e há um movimento de cidadãos que quer estabilizar o preço em torno dos 7 euros.Como acontece todo ano, turistas do mundo inteiro vêm a Munique para viver esta festa tradicional alemã, em que os homens vestem suas tradicionais calças bordadas de couro e as mulheres, saias longas e corselete com decote profundo.

As calças de couro são consideradas as melhores para se beber porque são elásticas e vão se adaptando ao volume do ventre à medida que cresce sob o efeito da cerveja.

A festa da cerveja tem origem no casamento do futuro rei da Baviera, Luis I, com Teresa von Sachsen-Hildburghausen, em 12 de outubro de 1810. Mais tarde foi antecipada para o mês de setembro, quando o clima é mais ameno na Baviera.

Nos últimos anos, a festa se tornou um evento internacional e agora também é comemorada em Brasil, Austrália, Canadá, China, Estados Unidos e Rússia. A edição deste ano terminará em 7 de outubro.


Fonte: CB

Um comentário:

  1. O Oktoberfest de Munique é caro, mas no Blumenau quero ir este ano. Fina flor a cultura germanica em nos país.

    Gustavo Hoffman

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!