segunda-feira, 20 de agosto de 2012

"Kikito" de melhor filme não foi unanimidade em 2012




Confirmando as previsões, “Colegas” leva Kikito de melhor filme em Gramado. Além disso, o road movie recebeu um Prêmio Especial do Júri para seus três atores principais (Ariel Goldenberg, Rita Pokk e Breno Viola) e direção de arte


Marcelo Galvão e o seu "Colegas", o road movie que tem como protagonistas portadores da Síndrome de Down, saiu consagrado como o grande vencedor do Festival de Gramado. Além do Kikito de melhor filme, recebeu um Prêmio Especial do Júri para seus três atores principais (Ariel Goldenberg, Rita Pokk e Breno Viola) e direção de arte. O momento mais emocionante da festa - e que ficará guardado na história do festival - foi a subida ao palco dos três para agradecer o troféu recebido. Ariel repetiu o que vinha dizendo em entrevistas: "Aos olhos dos homens somos downianos, aos olhos de Deus somos normais."

Trazendo uma proposta inovadora, o filme tem muitos méritos e não se trata apenas uma peça de inclusão social, politicamente correta. Pelo contrário. Contempla, sem muitos disfarces, o preconceito contra os Downs, e o faz com muita graça e nenhuma autocomiseração. Méritos à parte, alguns críticos são de opinião que a premiação para "Colegas" deveria ter parado no justíssimo Prêmio Especial do Júri para seus atores e nunca avançado para o de melhor filme. Existia películas mais densas e com conteúdo mais consistente para a premiação mais cobiçada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!