quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Exame Unificado da OAB mostra faculdades baianas entre as melhores do Brasil




Portal Terra elaborou lista das melhores faculdades de Direito do país, com base no 7º Exame Unificado da OAB. A Bahia tem cinco escolas entre as melhores


Diante da infinidade de cursos de direito no Brasil, conseguir o diploma de graduação na área se tornou bem mais fácil. O grande gargalo para o exercício da profissão de advogado e usufruir as demais prerrogativas da profissão é conseguir aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB. Tido pela maioria dos candidatos como muito exigente, o exame vem sendo considerado um pesadelo para os bacharéis em direito, que não conseguem exercer a função por não conseguir passar pelo funil da "prova da OAB". 

Diante da dura realidade, fica a dúvida: os candidatos não conseguem aprovação porque o exame tem um grau de dificuldade muito alto ou os eles não estão suficientemente preparados? se optarmos pela segunda hipótese, ficamos diante de outra indagação: os alunos são despreparados porque não se dedicaram como deviam ao estudo das matérias ou a faculdade não dispõem de recursos e professores com gabarito que lhes permita ter conhecimento suficientes para aprovação no exame e, consequentemente, exercer a profissão na sua plenitude?
São questões a serem observadas e discutidas pela sociedade e pelas autoridades responsáveis pela homologação dos cursos de Direito.

O 7º Exame de Ordem Unificado da OAB foi realizado no dia 14 de agosto com alunos de universidades de todo o país. Com base na divulgação dos resultados, o portal Terra montou uma lista com as 50 melhores e as 50 piores instituições de ensino de Direito.

Na lista entre as melhores do país, o estado da Bahia teve cinco instituições:

Universidade Salvador (Unifacs) - 55 aprovados
Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) - 40 aprovados
Universidade Federal da Bahia (UFBA) - 37 aprovados
Universidade do Estado da Bahia (Uneb) - 14 aprovados
Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) - 14 aprovados

Com apenas um aprovado, a Faculdade Sete de Setembro - FASETE, da cidade de Paulo Afonso, que teve a participação de 30 alunos, entrou para a relação das piores instituições. O curso de Direito da FASETE acaba de diplomar a primeira turma, tendo debutado no exame. Questionada sobre a propalada dificuldade do exame, a OAB defende-se confirmando que as questões selecionadas fazem parte do currículo de todos os cursos de Direito ao país. A preparação e a dedicação de cada candidato são fatores decisivos para definir quem vai e quem não vai poder exercer a advocacia.

Um comentário:

  1. Carlos Ribeiro Guttera: O exame da OAB é forte, assim como deveria ser o ensino desde a educação básica... A má formação desde o ensino básico está levando o brasileiro para o buraco.

    ResponderExcluir

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!